O Curso de Direito do Florence promove o Projeto de Extensão FLORENCE ALÉM DO HORIZONTE

O Curso de Direito do Instituto Florence de Ensino Superior apresenta um novo Projeto de Extensão denominado: FLORENCE ALÉM DO HORIZONTE.

Trata-se de um Projeto de estímulo à aprendizagem que tem por fim agregar valor ao conteúdo ministrado em sala de aula, onde serão apresentadas técnicas de resolução de questões como meio para a revisão de conteúdos, o que servirá como importante suporte para o enfrentamento de provas como a da OAB. O público alvo deste projeto de extensão serão os alunos do 7º ao 10º período.

O Projeto será desenvolvido em 03 etapas: A primeira denominada: MAIS DIREITO, consistirá na etapa de revisão por meio do desenvolvimento de dinâmicas com técnicas de solução de questões. A segunda e terceira etapas formarão o projeto: ALUNO ORGULHO FLORENCE.

Serão realizados vários simulados e, ao final do Projeto, será elaborado o ranking, identificando as três maiores notas no somatório de todos os simulados. Os três melhores colocados de cada turma terão a inscrição do ranking nos seus Históricos, identificando a colocação e o ano em que obtiveram a classificação de melhores colocações. Ao final de cada semestre letivo serão entregues declarações de participação no Projeto com registro e a carga horária total de participação de cada discente.

Aconteceu na última terça-feira (24), no Auditório Antônio Ives Oliveira Gomes – Instituto Florence a apresentação do projeto com a presença da coordenadora do curso de Direito Amanda Tereza Barbosa Gomes, da coordenadora de Pesquisa e Extensão (Conex) profa. Ana Maria Marques e do professor do curso de Direito do Florence Miguel Ribeiro Pereira, que desenvolverá práticas de Coaching, com orientações das melhores técnicas para tornar mais efetivo o sucesso de quem tem um projeto, como no caso, a OAB.

“O aluno quer mais efetividade, mais rapidez e quer aumentar as estatísticas de acerto na prova,  e o Coaching possui técnicas para aconselhar, sendo que essas técnicas, vão dar maior eficiência nas estatísticas, nos acertos na prova. Eu estou coordenando as apostilas com questões da OAB, já que está provado cientificamente que o método mais efetivo de aprendizado tem a ver com resoluções de questões, então, estamos liberando no nosso site as apostilas. Além disso, temos dicas de estudo, porque é preciso estudar certo e iremos orientar sobre quais as melhores formas de realizar os estudos, e isso tudo tendo como fruto análise da Fundação Getúlio Vargas, que é a fundação que faz a prova’’. Explicou o professor Miguel.