Coordenação de Apoio Pedagógico ao Docente e ao Discente – CAP

A Coordenação de Apoio Pedagógico ao Docente e Discente/ CAP, é um órgão de assessoramento didático-pedagógico do Instituto Florence de Ensino Superior, constitui-se como instância de apoio, acompanhamento e operacionalização de atividades acadêmicas.

Visa dar suporte a docentes e discentes da instituição. No que diz respeito às atividades inerentes à prática pedagógica e prática acadêmica, conforme definidas nos Projetos Políticos Pedagógicos dos Cursos de Graduação do Instituto Florence de Ensino Superior, divide-se em dois Núcleos:

I – Núcleo de Apoio Pedagógico ao Docente/ NAP, responsável pelo atendimento das necessidades do corpo docente da IES, através da viabilização do Programa de Apoio ao Docente e o Plano de Qualificação Docente/ PQD.

São objetivos do Núcleo de Apoio Pedagógico ao Docente/ NAP:

  1. a) Formar um quadro de docentes qualificados, criativos e com embasamento teórico compatível às necessidades dos discentes e às exigências do mundo contemporâneo;
  2. b) Qualificar profissionais aptos para desenvolver na instituição uma docência comprometida às necessidades sociais da comunidade maranhense;
  3. c) Elaborar e operacionalizar a formação inicial dos docentes, tendo, como princípio, a formação significativa dos professores;
  4. d) Elaborar e operacionalizar a formação continuada dos docentes;
  5. e) Organizar as atividades de planejamento e avaliação docente, no início de cada semestre letivo;
  6. f) Acompanhar as atividades planejadas pelos docentes, dando-lhes suporte pedagógico sempre que necessário;
  7. g) Subsidiar materialmente e teoricamente todas as necessidades do docente;
  8. h) Fomentar o ensino, a pesquisa e a extensão no âmbito da instituição, com vistas à consecução dos objetivos inerentes a academia.

II – Núcleo de Apoio Psicopedagógico ao Discente/ NUPAD responsável pelo atendimento às necessidades do corpo discente da instituição, através da viabilização do Programa de Apoio Psicopedagógico ao Discente.

São objetivos do Núcleo de Apoio Psicopedagógico ao Discente/ NUPAD:

  1. a) Apoiar e orientar o educando em sua trajetória acadêmica, instrumentalizando-o para construção/ reconstrução do conhecimento e para formação de novos saberes, baseado em critérios de cientificidade, que permitam a atuação consciente do profissional junto ao mundo do trabalho;
  2. b) Analisar e encaminhar as demandas dos alunos, no que diz respeito às dificuldades de aprendizagem e/ ou financeiras;
  3. c) Implementar um programa de Nivelamento Acadêmico, que possibilite ao educando condições de eqüidade e prosseguimento de estudos;
  4. d) Orientar os alunos na organização dos diretórios estudantis ou acadêmicos;
  5. e) Implementar ações que visem acompanhar os egressos dos Cursos de Graduação da IES. Desses resultados, retroalimentar as propostas pedagógicas dos cursos;
  6. f) Fomentar a iniciação científica como princípio pedagógico e educativo dos discentes. 

Funcionamento, composição e atribuições do coordenador da CAP 

Funcionará no horário de atividade da faculdade e será constituída por um Coordenador com formação em Pedagogia, que desenvolverá, em conjunto com Diretoria Acadêmica, Coordenadorias dos Cursos e avaliação realizada pela Comissão Própria de Avaliação/ CPA, atividades de apoio, acompanhamento, orientação, elaboração e organização de todas as ações inerentes ao fazer pedagógico.

Plano de gestão 2016 – 2021

POLÍTICAS DE GESTÃO

Ä  Empreender uma gestão que tenha como foco principal a implementação de um sistema contínuo e permanente de avaliação, buscando no resultado da avaliação institucional o subsídio para o planejamento da IES;

Ä  Fortalecer uma gestão participativa e democrática, pautada em princípios éticos, que possibilite a efetiva participação da comunidade acadêmica no processo decisório da instituição;

Ä  Fomentar a qualificação e o desenvolvimento profissional do corpo docente e técnico-administrativo, através de uma política de recursos humanos, que garanta o seu aprimoramento contínuo e sua satisfação profissional;

Ä  Fomentar o planejamento dos setores administrativos e acadêmicos do Instituto, garantindo a execução das políticas institucionais;

Ä  Desenvolver projetos de reestruturação e adaptação das instalações físicas da IES, contemplando aspectos de acessibilidade, segurança, gestão ambiental, mobiliário e equipamentos;

Ä  Fomentar a utilização de ferramentas de TI e a implantação de procedimentos e rotinas administrativas com vistas à otimização das atividades de setores administrativos e acadêmicos;

Ä  Desenvolver um sistema amplo, eficiente e eficaz, de informações sobre a IES, que impacte positivamente a comunidade externa;

Ä  Garantir a sustentabilidade financeira da IES, a manutenção de sua política de pessoal e os recursos necessários para o cumprimento de sua missão institucional.

POLÍTICAS DE ENSINO

Ä  Criar condições para a formação de profissionais policompetentes, analisando as demandas do mercado local e nacional, com vistas à sistematização de processos educativos problematizadores, contextualizadores, flexibilizadores e integralizadores;

Ä  Fortalecer a articulação da teoria com a prática, por meio de atividades acadêmicas (iniciação científica, extensão, estágios obrigatórios, atividades complementares);

Ä  Desenvolver a gestão acadêmica no que tange a dinâmica processo ensino-aprendizagem em articulação com a Coordenação de Apoio Pedagógico aos Docentes e Discentes da IES (CAP);

Ä  Instituir de forma processual e sistemática o regime semi-presencial  nos Cursos de Graduação do Instituto Florence de Ensino Superior;

Ä  Estimular o intercâmbio interinstitucional de docentes e discentes, em nível nacional e internacional;

Ä  Garantir a qualidade na execução de Programas e Cursos, atendendo às expectativas dos participantes e ampliando as suas possibilidades acesso ao mundo do trabalho.

POLÍTICAS DE PESQUISA 

Ä  Constituir a pesquisa como um dos pilares da formação superior, garantindo condições amplas para a inserção de docentes e discentes nesta atividade;

Ä  Consolidar as linhas e grupos de pesquisa existentes e efetivamente em funcionamento, reavaliando a pertinência social e acadêmica das pesquisas em desenvolvimento;

Ä  Desenvolver Programas e Projetos institucionais de pesquisa, incrementando parcerias com iniciativas com o setor público e privado, em âmbito nacional e internacional;

Ä  Fortalecimento da divulgação de resultados da pesquisa produzida no âmbito do Instituto, através de publicações em periódicos e outros formatos editoriais, bem como da promoção de eventos científicos.

POLÍTICAS DE EXTENSÃO

Ä  Fortalecer a relação Faculdade x Comunidade, através do fomento de ações extensionistas;

Ä  Estabelecer ações de extensão articuladas a política de Responsabilidade Social da IES;

Ä  Consolidar a extensão como atividade acadêmica estruturante do currículo dos cursos de graduação da IES. 

POLÍTICAS DE PÓS-GRADUAÇÃO 

Ä  Fortalecer a pós-graduação como lócus de produção e difusão de conhecimentos no âmbito do Instituto Florence de Ensino Superior;

Ä  Estimular o fortalecimento da dimensão formativa da pós-graduação em articulação com a Coordenação de Apoio Pedagógico aos Docentes e Discentes;

Ä  Aproximar a graduação da pós-graduação, através da integração de atividades de ensino, pesquisa e extensão;

Ä  Fortalecer o intercâmbio nacional e internacional de docentes  e discentes dos cursos de pós-graduação, visando o desenvolvimento de parcerias de longa duração e a mobilidade acadêmica.