Instituto Florence de Ensino Superior realiza II MOSTRA CIENTÍFICA

No próximo dia 29 de maio, será realizada a II MOSTRA CIENTÍFICA DO INSTITUTO FLORENCE DE ENSINO SUPERIOR, no auditório Antônio Ives, localizado no Núcleo de Práticas Jurídicas. Este evento representa a continuidade da política institucional de sistematização e socialização do conhecimento científico na área da pesquisa, permanentemente adequado à realidade social regional, que se espera consolidar definitivamente com a realização desta segunda edição do evento.

A Mostra é uma iniciativa das Coordenações de Enfermagem, Farmácia, Nutrição e terá um caráter científico e tecnológico, que visa atender uma importante lacuna nas áreas de pesquisa e extensão, promovendo a interação de discentes e docentes que tenham perfis de pesquisadores.

O evento possui como objetivos principais: Reunir pesquisadores da área da saúde e acadêmicos, através do fortalecimento da pesquisa na graduação, possibilitando maior interação entre a teoria e prática, no desenvolvimento da pesquisa; possibilitar melhor qualificação dos alunos de graduação da área da saúde para o engajamento nos programas de pós-graduação lato e strictu sensu; promover a difusão do conhecimento científico, de forma a contribuir para a atualização de recursos humanos que se dedicam à pesquisa; valorizar as potencialidades do acadêmico e a capacidade científica instalada do Instituto Florence na perspectiva de estabelecer e manter um diálogo permanente com a sociedade e permitir à comunidade em geral, o acesso às informações sobre os avanços das pesquisas no âmbito da saúde possibilitando, dessa forma, uma maior aproximação instituição/sociedade.

Na programação, nos turnos matutino e noturno, palestra de abertura(manhã) e exposição de banners, com premiação para os melhores trabalhos apresentados. O público alvo do evento serão alunos e profissionais dos cursos da área da saúde e áreas afins.

As pré-inscrições deverão ser realizadas no site do evento (https://doity.com.br/ii-mostra-cientifica-florence) e a confirmação da inscrição deverá ser feita com os monitores do evento (SOMENTE COM A PRÉ-INSCRIÇÃO REALIZADA E COM O NÚMERO DA INSCRIÇÃO) , com o pagamento de uma taxa simbólica de R$ 5,00 e a doação de 1 kg de alimento não perecível (exceto açúcar e sal), para posterior doação. O número de vagas é limitado. A CONFIRMAÇÃO DA INSCRIÇÃO DEVERÁ SER REALIZADA ATÉ DIA 24.05.

 

Instituto Florence promoverá II Feira das Profissões

Quer começar um curso superior, mas ainda está com dúvida em qual carreira seguir? Depois do sucesso da I Feira das Profissões, realizada no último sábado (18), o Instituto Florence de Ensino Superior promoverá, nesta sexta-feira (24), em parceria com o Tropical Shopping, a II Feira das Profissões, voltada para os alunos do Ensino Médio. O objetivo é o de auxiliá-los na escolha da carreira profissional.

A ação acontece das 9h às 16h, na Praça do Sol, no Tropical Shopping, com a participação das coordenações dos cursos de graduação, técnicos e de pós-graduação do Instituto Florence, que estarão envolvidas em atividades de orientação de carreira, com teste vocacional. O evento consiste na recepção dos alunos, proporcionando experiências que promovam o despertar de sua identidade profissional.

 

Curso de Ciências Contábeis realizará palestra durante a Semana ENEF

A Coordenação do Curso de Ciências Contábeis do Instituto Florence de Ensino Superior realizará, nesta quarta-feira (22), no Auditório Antônio Ives, a palestra: “Educação Financeira e os Caminhos para o Equilíbrio das Contas Pessoais”, com o palestrante Fabrício Falcão, em uma participação durante a Semana ENEF – (Semana Nacional da Educação Financeira). A palestra acontecerá às 19h e será aberta a todos os interessados.

A Semana ENEF é uma iniciativa do Comitê Nacional de Educação Financeira (CONEF) para promover a Estratégia Nacional de Educação Financeira (ENEF), política pública lançada em 2010, por meio do Decreto nº 7.397, de 22 de dezembro de 2010, com a finalidade de promover a educação financeira e previdenciária da população, bem como contribuir para o fortalecimento da cidadania, a eficiência e solidez do sistema financeiro nacional e a tomada de decisões conscientes por parte dos consumidores. A Semana ENEF ocorre uma vez por ano desde 2014, em que, por uma semana, diversas ações gratuitas de educação financeira são realizadas em várias cidades de diversos estados do Brasil.

As inscrições no link abaixo:

palestra-educacao-financeira-e-os-caminhos-para-o-equilibrio-das-contas-pessoais

 

Instituto Florence apresenta resultados de pesquisa na 80ª Semana Brasileira de Enfermagem

 
Nos dias 14 e 15 de maio, foi realizada na Universidade Federal do Maranhão, a  80ª SBEN – Semana Brasileira de Enfermagem, onde o  Grupo de Pesquisa e Extensão em Saúde Pública do Instituto Florence de Ensino Superior,  coordenado pelo Prof. Dr. Luciano Mamede,  obteve a aprovação de 2 resumos para a exposição de resultados de pesquisas científicas, em parceria com o Centro de Referência em Saúde do Trabalhador, da Secretaria Estadual de Saúde do Maranhão.
As alunas do curso de Enfermagem Aldianne de Kós e Thaynara Neves, apresentaram os trabalhos intitulados: “AVALIAÇÃO DAS NOTIFICAÇÕES DE ACIDENTES COM MATERIAL BIOLÓGICO NO MARANHÃO” (na modalidade apresentação oral) e “PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DOS ACIDENTES DE TRABALHO NO MARANHÃO” (na modalidade banner eletrônico), respectivamente.
“O evento foi muito importante para a Enfermagem do Maranhão, e apresentar um trabalho científico agregou demais à minha formação. Agradeço ao apoio e incentivo do Professor Luciano Mamede e do Instituto Florence, pois nós, acadêmicos precisamos muito disso, de pessoas que acreditem em nós.” afirmou Aldianne de Kós.

Instituto Florence e Golden Shopping promoveram a I Feira das Profissões

O Instituto Florence de Ensino, em parceria com o Golden Shopping, promoveu no último sábado (18), a I Feira das Profissões, na praça de eventos do Golden Shopping, tendo como objetivo motivar alunos do ensino médio a seguirem em sua formação, chegando até a graduação e demais atividades acadêmicas. Alunos do ensino médio e vestibulandos tiveram a oportunidade de conhecer todos os cursos oferecidos pelo Florence, suas especialidades e também receberam auxílio quanto às suas escolhas por uma carreira e o mercado de trabalho.    

O Instituto Florence percebe ser necessária e positiva a integração entre as escolas e as Instituições de Ensino Superior para que o aluno reúna elementos consistentes na condução de uma avaliação apurada acerca de quais dos seus interesses podem se transformar em uma carreira profissional. Para tanto, é preciso pesquisar e conhecer, ao máximo, cada uma das profissões desejadas, conhecendo a rotina acadêmica e profissional de cada uma delas.

Todas as coordenações dos cursos de graduação, técnicos e de pós-graduação do Instituto Florence estiveram envolvidas em atividades diversas, tais como: palestras, orientação vocacional, espaços para discussões sobre as diversas profissões disponíveis no mercado de trabalho, tratamento estético e apresentações de trabalhos científicos.

 “Achei essencial e muito interessante. Nós vivemos em um tempo que precisamos de educação, e mais que nunca, esses alunos precisam visualizar o que é possível, participando de eventos com este, trazido hoje pelo Florence. Nesta atividade, trabalhamos empregabilidade, o currículo e um conceito novo que é trabalhabilidade, hoje você não só tem que se empregar, tem que se fazer necessário no mercado, ter o seu trabalho reconhecido e eu acredito, que eles vão se sentir em melhores condições de entrar nesse mercado de forma segura, ver possibilidades. Até brinquei com eles, e falei assim “O óbvio tem que ser lembrado, pra não ser esquecido”, então vamos estudar, vamos fazer nosso curso da melhor forma possível, vamos nos fazer presentes nas ações da instituição, pois isso agrega no currículo, tudo agrega ao currículo, este aluno tem que ser participativo e ativo”. Declarou Luciana Leão, psicopedagoga, que realizou palestra sobre currículo e mercado de trabalho.

A I Feira das Profissões foi fundamental para que os estudantes tirassem dúvidas sobre a realidade de cada profissão e assim, possam avaliar se realmente se identificam com uma carreira. A intenção foi motivar estes alunos e alunas a conhecerem as particularidades de cada curso e reconhecer, por meio de teste de aptidão, quais potencialidades de personalidade se relacionam com determinada graduação.

Nos espaços temáticos, voltados para os cursos oferecidos pelo Florence, os visitantes tiveram a oportunidade de conhecer os instrumentos das profissões, assim como, observar a demonstração das práticas da atuação dos profissionais em Biomedicina, Ciências Contábeis, Direito, Enfermagem, Estética e Cosmética, Farmácia, Fisioterapia, Nutrição e Odontologia.

 “O objetivo é que o público do ensino médio e os que fazem cursinho pré-vestibular, entendam melhor cada profissão e o campo de atuação do recém-graduado. Aqui, estamos apresentando atividades práticas de todas as profissões, além da presença dos coordenadores dos cursos, tirando dúvidas sobre grade e disciplinas. Nós já atendemos alunos do ensino médio, e estamos os orientando, para que entendam que o teste vocacional não apresenta um resultado fidedigno, nós não citamos o curso que atualmente esse aluno poderá fazer, mas sinalizamos as áreas, o teste vocacional nos permite isso. Com relação à expectativa deles, é sempre em torno da precisão do curso”. Explicou a coordenadora da CAP (Coordenação de Apoio aos Docentes e Discentes), Alexsandra Barros.

Helena Cantanhede de Andrade, aluna do ensino médio, falou da iniciativa do Florence e do que aprendeu com essa experiência.  “Essa iniciativa é muito importante para a gente conhecer melhor todas as profissões e escolher que rumo escolher profissionalmente. Hoje, aprendi sobre os alimentos industrializados, fiz o teste vocacional, aprendi sobre as medicações que não podem ser descartadas de qualquer maneira, sobre as atividades dos dentistas, os serviços relacionadas com a boca, e tive também uma experiência de como usar um microscópio”.

 

 

Florence lança aplicativo para facilitar acesso dos alunos às informações e serviços

Os alunos do Instituto Florence de Ensino Superior serão contemplados com uma novidade que acompanhará a velocidade das informações por meio de dispositivos móveis. Foi desenvolvido um aplicativo exclusivo para a consulta acadêmica (disciplinas, horários, notas, controle de faltas, acesso à biblioteca, notícias, emissão de boletos) e outros serviços. O App FLORENCE já está disponível.

A versão do aplicativo é compatível para a aparelhos com sistema operacional Android e iOS e possui os mesmos conteúdos postados no site. O App FLORENCE chega para facilitar o acesso do acadêmico à Central de Atendimento, garantindo agilidade, conforto, praticidade, inovação e otimização na prestação de serviços.

O aplicativo pode ser baixado no “Play Store” para sistema Android e “App Story” no iOS. Após download o aluno usará a mesma senha e login cadastrado no canal do aluno para acesso ao aplicativo.

Façam um bom uso desta ferramenta tecnológica e aproveitem para acompanhar, em tempo integral, suas informações acadêmicas.

 

Comunicado de Processo Seletivo Simplificado

A Diretoria Acadêmica do Instituto Florence de Ensino Superior, conforme o disposto no art. 57 do Regimento desta Instituição, comunica aos interessados que se encontram abertas as inscrições para o Processo Seletivo Docente Simplificado, para cadastro de reservas dos Cursos de Farmácia, Estética e Cosmética, Enfermagem e Odontologia.

Confira o Edital abaixo:

EDITAL Seletivo Geral

Instituto Florence tem trabalho premiado no X Simpósio Nordestino de Etnobiologia, na Paraíba

No período de 22 a 26 de abril, foi realizado na cidade de João Pessoa- Paraíba, o X Simpósio Nordestino de Etnobiologia e Etnoecologia, onde o Grupo de Pesquisa em Etnofarmacologia do Instituto Florence de Ensino Superior, coordenado pelo Profº Dr. Luciano Mamede, obteve três trabalhos aprovados, sendo estes: “Etnobiologia do uso da Cannabis sativa L. em São Luis-MA”; “Alternativas Etnofarmacológicas para o tratamento da obesidade: possibilidade de novos fitoterápicos” e “Etnofarmacologia de Hibiscus sabdariffa L. utilizado no tratamento de obesidade”.

Foram mais de 80 trabalhos apresentados no formato de banner e a pesquisa intitulada “Etnofarmacologia de Hibiscus sabdariffa L. utilizado no tratamento de obesidade”, de autoria das estudantes Rafaella Lohanna Penha da Costa e Aline Campelo Ferreira, alunas do 7° período do Curso de Farmácia e Larissa Lima Santos, farmacêutica egressa do Instituto Florence, sob orientação do Profº Dr. Luciano Mamede de Freitas Junior, e em parceria com o Laboratório de Estudos Botânicos da UFMA, coordenado pelo Profº Dr. Eduardo Bezerra de Almeida Jr., foi premiado em 3º lugar na modalidade banner. O Instituto Florence foi a única faculdade particular que apresentou trabalhos científicos no evento, concorrendo com universidades públicas federais e estaduais de todo o Brasil.

“A gente desenvolveu um resumo junto ao professor Luciano Mamede, que foi orientador da Larissa Lima, e o submetemos para o 10° Simpósio Nordestino de Etnobiologia e Etnobotânica, onde o nível estava bem alto. Fui representando o Florence, e a hora da apresentação foi magnifica, eu era a única aluna da rede privada, todos os outros eram da rede pública, eu me surpreendi, mas não me deixei abater. O mais legal do nosso trabalho é que a gente saiu da sala de aula, da nossa vivência, para a  prática”. Declarou a aluna Aline Campelo, que ainda falou sobre o projeto premiado, o apoio e a contribuição do Florence. “O projeto que apresentei foi o da Cannabis, um estudo Etnobiológico, que retrata e Etnobiologia aqui em São Luís a respeito do uso da Cannabis.  Esse trabalho engloba realmente uso da Cannabis para saber como se dá a aplicação e os resultados. O Florence contribuiu financeiramente, porque já estávamos desanimados para ir, perdendo a esperança,  pois estava muito caro, não tínhamos como ir, e o Florence deu essa contribuição. Conseguimos comprar passagem, hospedagem e literalmente foi uma oportunidade única. o professor Luciano Mamede realiza um projeto aqui de Etnobotânica na faculdade e ele abriu as portas, para estarmos envolvidos nos projetos dele, e isso literalmente, foi resultado do projeto dele. Aprendemos que precisamos nos reinventar, reinventar um novo perfil pesquisador, e os professores nos incentivam para a área da pesquisa, que está crescendo muito no Florence. Quando eu cheguei lá as pessoas perguntavam onde eu estudava, as pessoas têm a tendência de achar que não existe pesquisa em  faculdades privadas, e o Florence vem com esse incentivo por meio da pesquisa do professor”.

O grupo de pesquisa em Etnofarmacologia atualmente envolve alunos doas Cursos de Farmácia e Enfermagem do Instituto Florence com a proposta de atuar nos estudos sobre o uso das plantas com finalidade medicinal, alimentícia, entre outras.

“Isso é muito importante, porque faz parte do tripé ensino-pesquisa-extensão, é a continuação do conhecimento que o aluno vem adquirindo em sala de aula, e a gente tem procurado passar isso para eles no intuito de que eles desenvolvam esses conhecimentos  para  que futuramente  adotem, não só a pesquisa e em  programa de mestrado e doutorado, mas também no âmbito do empreendedorismo. Então, para os alunos é importante que eles ultrapassem a barreira da sala de aula e demonstrem isso em eventos e também como resposta para a sociedade. Para a gente foi um orgulho, que seja o primeiro de muitos. A proposta do Instituto Florence é proporcionar ao aluno a oportunidade de aprimorar sua formação acadêmica desenvolvendo também atividades de pesquisa. Foi o primeiro evento na área que participamos e foi uma grata surpresa essa premiação. Esperamos avançar muito mais, contando sempre com o apoio do Florence e parcerias importantes como a que temos com o Herbário do Maranhão da UFMA”. Afirmou o professor Luciano Mamede.

 

 

Instituto Florence é destaque no programa Power 96 da Mirante FM

O Instituto Florence de Ensino, mais uma vez, participou como destaque do Programa Power 96, da Rádio Mirante FM, um espaço onde coordenadores e professores são entrevistados pelo apresentador do programa Claudinho Polary, todas as  sextas-feiras, às 10h30, falando de assuntos acadêmicos variados, que são de interesse de toda a comunidade maranhense. Em uma segunda fase de entrevistas foram convidados professores ligados aos cursos de pós-graduação do Florence.

O programa desta sexta-feira (10), comandado excepcionalmente pelo locutor e apresentador  Nynrod Weber, recebeu a professora e enfermeira Glauce Oliveira Lima Gonçalves, que é consultora da pós-graduação em Enfermagem em Nefrologia do Instituto Florence de Ensino Superior, graduada em Enfermagem pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA), com pós-graduação em Enfermagem em Nefrologia pela Universidade Federal de São Paulo e pós-graduada em Gestão de Sistemas e Serviços de Saúde, pela Universidade Federal do Maranhão. Atualmente é técnico administrativo da Universidade Federal do Maranhão, desenvolvendo atividades como membro da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH), do Hospital Universitário da Universidade Federal do Maranhão (HUUFMA) e atua como Gerente do Serviço de Diálise e Responsável Técnica do Centro de Nefrologia do Maranhão, além de Coordenadora do Núcleo de Segurança do Paciente do Centro de Nefrologia do Maranhão.

Durante a entrevista, a Enfermeira falou sobre as funções, e onde o profissional da área de saúde poderá atuar diretamente nos cuidados com os pacientes de diálise; da importância do Instituto Florence oferecer uma pós-graduação na área de Enfermagem em Nefrologia; seu público alvo e informações sobre o início da próxima turma e matrículas. “No Maranhão, no Brasil e no mundo há uma necessidade iminente de se formar enfermeiros especialistas devido à procura do mercado, pois atualmente nós temos muito serviço de diálise abrindo em todo Maranhão. A Nefrologia é uma especialidade do serviço de saúde que trata exclusivamente de pacientes portadores de doenças renais, ela previne, diagnostica e trata pacientes portadores de doenças renais. E, para trabalhar diretamente em serviço de diálise tem que ser o médico nefrologista e um enfermeiro nefrologista. Porém, existem outros profissionais que também podem trabalhar e devem, também por uma contingência, demanda, ou uma exigência ministerial, caso do psicólogo nutricionista e do assistente social”. Explicou a professora, que ainda falou especificamente sobre a pós-graduação do Florence.  “Essa pós foi desenhada para atender a esse público,a esse profissional enfermeiro, com um laboratório especializado para isso, além de um convênio com o serviço de diálise que vai proporcionar estágio, onde o aluno poderá desenvolver não só  a teoria, mas a  habilidade técnica de tratar e conhecer esses pacientes e essas tecnologias que tratam a doença renal crônica, a hemodiálise e a diálise peritoneal. Todo enfermeiro pode fazer especialização, essa pós-graduação do Instituto Florence é específica para enfermeiro para atender a portaria ministerial e essa demanda do mercado. Nossa previsão é a de  iniciar ainda esse semestre, e o aluno interessado pode fazer o seu cadastro diretamente no site e depois efetuar sua matrícula na própria faculdade, até porque ele precisa levar documentos, então, ele aproveita e conhece a estrutura física: biblioteca e laboratórios”.

 

 

Instituto Florence e Golden Shopping promoverão I Feira de Profissões

A mais recente reforma do Ensino Médio impõe uma reorganização necessária e desafiadora, tanto para a escola, quanto para os alunos, considerando que a flexibilização da grade curricular fará com que estes sejam obrigados a escolherem suas futuras profissões de forma ainda mais precoce.

Assim, reafirma-se como necessária e positiva a integração entre as escolas e as Instituições de Ensino Superior para que o aluno reúna elementos consistentes na condução de uma avaliação apurada acerca de quais dos seus interesses podem se transformar em uma carreira profissional. Para tanto, é preciso pesquisar e conhecer, ao máximo, cada uma das profissões desejadas, conhecendo a rotina acadêmica e profissional de cada uma delas.

Pensando neste contexto, o Instituto Florence de Ensino Superior, em parceria com o Golden Shopping, irá promover a I Feira de Profissões, no dia 18 de maio das 10h às 17h, na praça de eventos do Golden Shopping, tendo como objetivo motivar alunos do ensino médio a seguirem em sua formação, chegando até a graduação e demais atividades acadêmicas.

Todas as coordenações dos cursos de graduação, técnicos e de pós-graduação do Instituto Florence estarão envolvidas em atividades diversas, tais como: palestras, orientação vocacional, espaços para discussões sobre as diversas profissões disponíveis no mercado de trabalho e apresentações de trabalhos científicos.

Embora muitos jovens tenham a “profissão dos sonhos” em mente, quando estes vão se aproximando da realidade de encarar uma faculdade, muitas dúvidas podem surgir. Por isso, as experiências que serão trazidas nesta feira serão fundamentais para que os estudantes tirem dúvidas sobre a realidade de cada profissão e assim, possam avaliar se realmente se identificam com uma determinada carreira.

As inscrições já estão abertas e podem ser realizadas no WhatsApp: 98125.0276