Instituto Florence é destaque no programa Power 96 da Mirante FM

O Instituto Florence de Ensino, mais uma vez, participou como destaque do Programa Power 96, da Rádio Mirante FM, um espaço onde coordenadores e professores são entrevistados pelo apresentador do programa Claudinho Polary, todas as  sextas-feiras, às 10h30, falando de assuntos acadêmicos variados, que são de interesse de toda a comunidade maranhense. Em uma segunda fase de entrevistas foram convidados professores ligados aos cursos de pós-graduação do Florence.

O programa desta sexta-feira (10), comandado excepcionalmente pelo locutor e apresentador  Nynrod Weber, recebeu a professora e enfermeira Glauce Oliveira Lima Gonçalves, que é consultora da pós-graduação em Enfermagem em Nefrologia do Instituto Florence de Ensino Superior, graduada em Enfermagem pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA), com pós-graduação em Enfermagem em Nefrologia pela Universidade Federal de São Paulo e pós-graduada em Gestão de Sistemas e Serviços de Saúde, pela Universidade Federal do Maranhão. Atualmente é técnico administrativo da Universidade Federal do Maranhão, desenvolvendo atividades como membro da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH), do Hospital Universitário da Universidade Federal do Maranhão (HUUFMA) e atua como Gerente do Serviço de Diálise e Responsável Técnica do Centro de Nefrologia do Maranhão, além de Coordenadora do Núcleo de Segurança do Paciente do Centro de Nefrologia do Maranhão.

Durante a entrevista, a Enfermeira falou sobre as funções, e onde o profissional da área de saúde poderá atuar diretamente nos cuidados com os pacientes de diálise; da importância do Instituto Florence oferecer uma pós-graduação na área de Enfermagem em Nefrologia; seu público alvo e informações sobre o início da próxima turma e matrículas. “No Maranhão, no Brasil e no mundo há uma necessidade iminente de se formar enfermeiros especialistas devido à procura do mercado, pois atualmente nós temos muito serviço de diálise abrindo em todo Maranhão. A Nefrologia é uma especialidade do serviço de saúde que trata exclusivamente de pacientes portadores de doenças renais, ela previne, diagnostica e trata pacientes portadores de doenças renais. E, para trabalhar diretamente em serviço de diálise tem que ser o médico nefrologista e um enfermeiro nefrologista. Porém, existem outros profissionais que também podem trabalhar e devem, também por uma contingência, demanda, ou uma exigência ministerial, caso do psicólogo nutricionista e do assistente social”. Explicou a professora, que ainda falou especificamente sobre a pós-graduação do Florence.  “Essa pós foi desenhada para atender a esse público,a esse profissional enfermeiro, com um laboratório especializado para isso, além de um convênio com o serviço de diálise que vai proporcionar estágio, onde o aluno poderá desenvolver não só  a teoria, mas a  habilidade técnica de tratar e conhecer esses pacientes e essas tecnologias que tratam a doença renal crônica, a hemodiálise e a diálise peritoneal. Todo enfermeiro pode fazer especialização, essa pós-graduação do Instituto Florence é específica para enfermeiro para atender a portaria ministerial e essa demanda do mercado. Nossa previsão é a de  iniciar ainda esse semestre, e o aluno interessado pode fazer o seu cadastro diretamente no site e depois efetuar sua matrícula na própria faculdade, até porque ele precisa levar documentos, então, ele aproveita e conhece a estrutura física: biblioteca e laboratórios”.